João Gomes conquista vitória ao sprint em Penamacor

 In Notícias

O pelotão chegou compacto a Penamacor e João Gomes (Silva & Vinha/ADRAP/Sentir Penafiel) foi o mais forte ao sprint, vencendo esta segunda etapa da 15.ª Volta a Portugal de Juniores. Sérgio Saleiro (C.C.Barcelos/A.F.F/Flynx/H.M.Motor) foi segundo e Roberto Alonso (Bathco Cycling Team) terceiro.

Hoje cumpriu-se a etapa mais longa da Volta a Portugal de Juniores, que ligou Sabugal a Penamacor, num percurso de 129,4 quilómetros.

A fuga do dia consolidou-se à entrada do sabugal, ao quilómetro 32, com Abel Rosado (Teika Team G-Sport) e Diogo Mendes (Academia Ciclismo de Paredes/Penafiel Bike Clube). Nesta altura, o duo levava 40 segundos de vantagem para o grupo perseguidor, composto por Alexandre Moreira (Alcobaça C C/Crédito Agrícola), Nuno Oliveira (Santa Maria da Feira/Segmento d’Época/Reol), João Martinho (Escola de Ciclismo Bruno Neves) e Tomás Mineiro (EFAPEL- Escola Ciclismo Águeda). O pelotão seguia a 1m30s.

Pouco depois, ao quilómetro 56, o grupo perseguidor viria a ser alcançado pelo pelotão. Já o duo que seguia na cabeça de corrida chegou a alcançar uma vantagem de 2m10 para o grupo. A certa altura, a fuga começaria a perder forças, acabando os dois corredores por ser absorvidos pelo pelotão ao quilómetro 88.

O pelotão seguiu compacto até ao final da etapa, com os corredores a se prepararem para uma chegada ao sprint. João Gomes (Silva & Vinha/ADRAP/Sentir Penafiel) foi o mais forte nesta chegada emocionante, conquistando assim a vitória da segunda etapa da Volta a Portugal de Juniores. Sérgio Saleiro (C.C.Barcelos/A.F.F/Flynx/H.M.Motor) foi segundo e Roberto Alonso (Bathco Cycling Team) fechou em terceiro.

Com o pelotão a chegar compacto, António Morgado (Bairrada) segurou a liderança da prova e ainda a camisola branca, de melhor júnior de primeiro ano. O seu colega de equipa, Gonçalo Tavares permanece líder da montanha, com Abel Rosado a vestir a camisola dos pontos. A Bairrada continua líder da classificação por equipas.

João Gomes, vencedor da etapa, não poderia estar mais satisfeito com esta vitória. “Foi uma sensação muito boa. As últimas provas não me têm corrido muito bem, tive até de desistir de duas delas, uma delas o Campeonato Nacional, e isso desmotiva sempre um pouco. Ontem tivemos um azar com o nosso colega de equipa que estava para a geral e hoje era a minha vez de tentar a sorte. Foi uma chegada muito rápida com muitos toques e estava mal colocado até ao último quilómetro. No entanto, consegui chegar à frente e arranjar uma boa posição para discutir o sprint. Correu tudo bem, dentro do previsto, e conseguimos a vitória”, afirmou João Gomes.

Amanhã disputa-se o contrarrelógio individual, entre Gouveia e Seia, que terá 14,8 quilómetros. Esta é uma das especialidades de eleição do camisola amarela, António Morgado, que terá aqui uma oportunidade de reforçar a sua liderança.

“Hoje a etapa correu como planeado. A equipa esteve 100% empenhada em manter a camisola amarela e esse objetivo foi conseguido. Amanhã quero tentar manter a liderança e espero que a equipa consiga ter o máximo possível de atletas no pódio. Em relação ao dia de amanhã, o contrarrelógio é uma especialidade da qual gosto bastante e espero que corra bem”, explicou António Morgado.

Recent Posts
Contacte-nos

Nós não estamos online agora. Mas envie-nos um e-mail e nós responderemos o mais rápido possível.

Not readable? Change text. captcha txt

Start typing and press Enter to search

X