Mário Costa e Ana Santos conquistam Taça de Portugal de XCO

 In Notícias

Mário Costa e Ana Santos (X-Sauce Factory Team) garantiram, este domingo, a conquista da Taça de Portugal de XCO Credibom 2023, depois de terem sido segundos nas respetivas corridas de elites masculinos e femininas da quinta e última prova da competição, em Avis.

A última prova da Taça de Portugal de cross-country olímpico sorriu, sobretudo, aos segundos classificados, que fizeram o suficiente para garantir o primeiro lugar do ranking final. Foi assim com Mário Costa, que foi segundo em elites masculinos, atrás de Ricardo Marinheiro (Clube BTT Matosinhos), mas assegurou o primeiro lugar do ranking, com 149 pontos, precisamente à frente de Ricardo Marinheiro, segundo com 141 pontos, e de João Cruz (AXPO/FirstBike Team/Vila do Conde), terceiro com 113 pontos.

Foi também assim na prova de elites femininas, na qual Ana Santos ficou em segundo lugar, atrás de Raquel Queirós (MMR Factory Racing Team), suficiente para garantir a liderança final, com 149 pontos, à frente de Raquel Queirós, com 140 pontos, e de Lara Lois (RG Bikes Scott Team), com 130 pontos. Ana Santos festejou também a conquista entre as sub-23 femininas, que já tinha garantido, com 170 pontos, à frente de Laura Simão (BTT Loulé/Elevis) e Catarina Lopes (AXPO/FirstBike Team/Vila do Conde). Na prova masculina, Diogo Neves (Guilhabreu MTB) foi o mais rápido, mas João Cruz, segundo classificado, foi quem terminou na frente do ranking, com 157 pontos, à frente de Diogo Neves e Tomás Frazão (Guilhabreu MTB).

Nos juniores, Guilherme Barros (Guilhabreu MTB) venceu a prova masculina, mas foi o seu colega Rafael Sousa (Guilhabreu MTB), quarto classificado, quem ergueu o troféu, com Guilherme Barros e João Fonseca a terminarem nas segunda e terceira posições, respetivamente. Já na prova feminina, Beatriz Guerra (Guilhabreu MTB) foi a mais rápida e venceu a Taça, superando Lara Fernandes (AEBTT Rio/Mr.Print) e Catarina Espada (Escola de Ciclismo de Oeiras/Parracho). O mesmo aconteceu nas provas de cadetes, nas quais Hugo Ramalho (Clube BTT Matosinhos) e Margarida Vasconcelos (AXPO/FirstBike Team/Vila do Conde) venceram a respetiva prova e celebraram a conquista da Taça.

Em masters 30 e 50, tanto masculinos como femininos, também foi dia de consagração, com Filipe Ramos (Guilhabreu MTB), Lurdes Gonçalves (Clube de Ciclismo de Castelo Branco), António Passos (Rompe Trilhos/Ajpcar) e Natália Mendes (Freebike Shop/Bike Clube S. Brás) a vencerem as provas e a Taça nas respetivas categorias. Já em master 40 masculinos, Marco Macedo (Korpo Activo/Penacova) foi o mais rápido na prova masculino, mas foi Rogério Matos (Rompe Trilhos/Ajpcar), quarto na prova, quem celebrou. Em masters 40 femininas, Irina Coelho (Freebike Shop/Bike Clube S. Brás) terminou em primeiro na prova, mas foi Virgínia Moreira (SAERTEX Portugal/Edaetech), segunda, quem terminou na liderança do ranking.

Nota final para masters 60, em que Luís Tomé (Korpo Activo/Penacova) garantiu a Taça, apesar de ter sido segundo na prova, atrás de Luís António (AEBTT Rio/Mr.Print), e para o paraciclista Roberto Soares (Bombos S. Sebastião/LusoPrint/Monçãobike), que venceu a prova e conquistou a Taça. Entre as equipas, Guilhabreu MTB foi a mais forte em prova e assegurou a liderança do ranking final, com 170 pontos, à frente da AXPO/FirstBike Team/Vila do Conde (149 pontos) e do Clube BTT Matosinhos (126 pontos).

Recent Posts
Contacte-nos

Nós não estamos online agora. Mas envie-nos um e-mail e nós responderemos o mais rápido possível.

Not readable? Change text. captcha txt

Start typing and press Enter to search

X