André Domingues ataca de longe e conquista a camisola amarela

 In Notícias

André Domingues (Escola de Ciclismo Bruno Neves) assumiu hoje o comando da classificação geral da Volta a Portugal de Juniores, graças ao triunfo na segunda etapa, 130 quilómetros entre Figueira de Castelo Rodrigo e o Sabugal.

A etapa, longa para esta categoria etária, ficou marcada por múltiplos ataques, sob calor intenso. Mas a temperatura de corrida só aqueceu verdadeiramente nos últimos 30 quilómetros, após a primeira passagem pela meta.

Depois de passar no Sabugal, André Domingues resolveu atacar, a 25 quilómetros da chegada. Foi uma movimentação que apanhou desprevenidos os rivais, que esperavam o ataque do leiriense apenas na montanha de segunda categoria de Águas Belas, a 8,3 quilómetros do final.

André Domingues foi sempre em progressão, deixando para trás os outros ciclistas que seguiam adiantados, até se isolar, definitivamente, na subida de Águas Belas. Nessa altura, o camisola amarela, João Carvalho, ficou sem ajuda dos colegas de equipa da Bairrada, porque Diogo Narciso e João Silva furaram na aproximação à montanha e atrasaram-se.

O corredor da Escola de Ciclismo Bruno Neves não deu hipótese à concorrência, ganhando tempo ao pelotão até à chegada, o mesmo acontecendo com Martín Gil (Giménez Ganga/Primoti/Tocobike) e de Steven Bayona (Ingeniería de Vías/Monsalud), segundo e terceiro, a 48 segundos. O grupo do camisola amarela chegou a 1m15s do vencedor do dia.

Com estas diferenças, André Domingues, que iniciou a etapa a 29 segundos da camisola amarela, arrebatou o símbolo da liderança. Está agora na dianteira da geral, com 39 segundos de vantagem sobre o colombiano Steven Bayona e com 56 segundos à melhor sobre João Carvalho.

“Hoje queria a camisola da montanha e tentar recuperar tempo face ao camisola amarela. Estou satisfeito com a minha prestação. Preparei-me muito bem para esta corrida e sinto-me capaz de defender a camisola amarela na última etapa, que é muito dura. Conto com a minha equipa para me ajudar. Aliás, sem os meus companheiros e sem o staff da equipa não teria conseguido hoje este resultado. Agradeço-lhes a todos”, afirmou André Domingues, que, além da camisola amarela, passou a ser dono da azul, de melhor trepador.

O belga Tijs Verstappen (Maes CT Blabbeek) mantém o primeiro lugar na geral por pontos e o colombiano Steven Bayona assumiu a primazia entre os juniores de primeiro ano. A Seissa/KTM Bikeseven/Matias & Araújo/Frulact ascendeu ao topo da geral coletiva.

Domingo vai ser o dia de todas as decisões na Volta a Portugal de Juniores. O pelotão vai encontrar a etapa mais dura, 112,1 quilómetros entre Fornos de Algodres (12h00) e Seia (15h00). A meta coincide com um prémio de montanha de terceira categoria, que será antecedida pelas subidas pontuáveis de Chã de Tavares (Km 6,9), Paranhos da Beira (Km 46,5), Gouveia (km 75,2), Seia (passagem na meta, km 93,6), Catraia (km 104,2).

Recent Posts
Contacte-nos

Nós não estamos online agora. Mas envie-nos um e-mail e nós responderemos o mais rápido possível.

Not readable? Change text. captcha txt

Start typing and press Enter to search

X